O dia em que quase morri do coração! - Charme de Menina

terça-feira, 8 de setembro de 2015

O dia em que quase morri do coração!

Acredito que só quem ama seus bichinhos de estimação, sabe a dor, e o quanto a gente sofre quando eles adoecem ou infelizmente nos deixam... Já tive muitoooos cachorros, uma verdadeira paixão sabe? Hahaha.. Quando tinha por volta dos meus 8 anos, tinha uma poodle chamada Pithula que morreu a 4 anos atrás... E o namorado da minha tia estava doando uma rottweiller linda chamada Dalila, ela era um doce... Ai meu pai pegou ela. A partir desse momento nós não se desgrudava uma da outra.
E muita gente vinha com criticas "essa raça é perigosa para criança" mas como eu sempre digo, a boa criação dos donos. Ela nunca me deu UMA mordida sequer! Ao contrário era muita lambida no rosto! Infelizmente pegamos ela com 2 anos já e ela veio morrer esse ano, dia 16 de janeiro.. To muito mal ainda, minha bb...
Mas quando ainda estavamos com a Dalila pegamos o Scooby (ai que entra a história) o scooby tinha apenas 2 meses e minha mae o tirou da frente de um carro, ele ia ser atropelado. Ai tbm o adotamos.... Bom.. Vou resumir a história um pouco antes q fico aqui até amanhã kkk. Esse ano, nós não tinhamos descoberto do que a Dalila tinha morrido... Foram tantos procedimentos e não adiantou... Ela me deixou.. Depois de um tempo da morte dela o Scooby ficou do mesmo jeito. Foi ai que constataram a cinomose, ou seja o virus que veio da Dalila que vem do ar e nao tem cura. Apenas é controlado. Mas como o Scooby come de tudo, frutas,legumes,.... E é saudável ele venceu a doença... Agradeço a Deus até hoje por deixar ele comigo... Além dele tenho mais 3 (nem amo cachorro) hahaha brincadeira! Eu quase morri achando que ia perder ele. Mas graças a Deus ta aqui firme e forte com seus 5 aninhos. E o desabafo de hoje foi esse. Espero que tenham gostado.... Bjsss

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Os cães são maravilhosos, são tudo de bom. Eu os amo também! Tenho 3 e a perda deles (que é inevitável tendo em vista que duram pouco tempo), sempre faz nosso coração se partir em milhões de pedaços. Quem ama animais, deve aprender a conviver com a dor, infelizmente. Um bj da Gi

    ResponderExcluir